Corridas noturnas, quais as quatro prioridades para correr bem de noite?


Cada vez mais populares, as corridas noturnas têm a vantagem de subverter os pontos de referência. Mas para apreciar totalmente o prazer em evoluir fora da sua zona de conforto, é obrigatório preparar-se de forma meticulosa e de ter sempre um certo cuidado.

 

Ter cuidado com a qualidade do seu equipamento

A noite é hostil. E a percepção dela o é assim para todos e todas que a atravessam correndo. Sobretudo quando se trata da primeira vez! 

Correr no escuro significa estar perfeitamente equipado. Você não está indo para uma simples caminhada em plena luz do dia, no parque ao lado da sua casa. 

Antes de tudo, ver e ser visto. A lâmpada frontal será sua companheira durante a noite inteira. Dois conselhos: não economize ao comprá-la e providencie pilhas de reposição (se for preciso, repita várias vezes, sem visibilidade, os gestos que permitem trocá-las).

Depois, equipe-se com o material aconselhado (aquele indicado pelos organizadores): apito, cobertor de sobrevida, telefone celular. E se você for friorento, leve luvas, gorros ou casacos corta-vento. Pense também na alimentação e no modo com o qual você irá gerenciar sua alimentação durante a prova.

 

Reconhecer o percurso de modo meticuloso

Um obrigação absoluta. Já é possível informar-se anteriormente: declive do terreno em vários pontos do percurso, natureza do solo, posicionamento exato da alimentação e dos prontos-socorros (…).

Estude seu mapa, aprenda de cor  a atividade que está por vir! Você deve ser capa, antes de partir, de saber exatamente o que lhe espera. Não esqueça que a escuridão atrapalhará seus pontos de referência e que você nunca será prudente o suficiente.

 

Respeitar as instruções de segurança

As corridas noturnas são frequentemente precedidas de diversos recados endereçados aos concorrentes. Previsão do tempo, natureza do terreno, precauções a serem seguidas (roupas adicionais a levar consigo, o que fazer em caso de abandono (…)): os organizadores são os únicos, a saber, onde você irá colocar seus pés. Obedecer a suas instruções de segurança é um simples gesto de bom senso. 

Não se culpabilize se você for cuidadoso demais e isso parecer excessivo. Siga seu instinto e não hesite em perder tempo:
- fazendo perguntas aos voluntários que estão presentes no percurso.
- pedindo ajuda às equipes de socorro em caso de mal-estar ou de simples falha.
- chamando o número 0800, geralmente colocado à disposição dos concorrentes durante provas noturnas.

 

Conhecer o seus limites

É provável, se você fizer parte de uma corrida noturna, que a distância seja enorme e presente uma região desconhecida. Antes de tudo, a viagem é feita no interior, pois a relação entre aquilo que se vê, limita-se apenas a alguns metros iluminados pela lâmpada frontal.

Saber apreciar seus limites, do modo mais precisa possível, é imperativo para poder gerenciar sua atividade e evitar alguns riscos. Se isso for possível, permaneça em contato com outros corredores. Sobretudo, mantenha seus sentidos aguçados. Correr a noite é sempre uma experiência realmente extraordinária!

 

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Vote
HAUT DE PAGE